R. São Vicente de Paulo, 650,Cj. 12 - Higienópolis - SP
(11) 99607- 8855
synergia@synerhgon.com.br

Segurança do trabalho na indústria têxtil: guia para prevenir acidentes e doenças

Consultoria estratégica em gestão

Segurança do trabalho na indústria têxtil: guia para prevenir acidentes e doenças

Segurança do trabalho

A indústria têxtil e de vestuário é responsável por um grande percentual de empregos na cadeia produtiva de têxteis e confecções. Nas suas atividades laborais, podem-se encontrar diversos riscos profissionais relativos à segurança e à saúde dos trabalhadores, como os provenientes da organização do trabalho (risco ergonômico) e os ligados aos equipamentos e agentes agressivos (risco físico, químico e de acidentes). Apesar disso, o setor têxtil apresenta, em geral, indicadores de segurança do trabalho melhores que os calculados para todo o ramo industrial.

Por outro lado, ainda encontramos muitas situações que podem tornar o local de trabalho inseguro. Disposições de máquinas inadequadas, sem local apropriado para estoque das peças de tecidos, roupas, moldes e retalhos que se espalham entre máquinas e outros equipamentos, além de causarem riscos à saúde e bem estar do trabalhador podem gerar riscos de acidentes.

Conheça abaixo as doenças mais comuns que acometem esse tipo de atividade e cinco dicas para conseguir proteger os seus trabalhadores.

Coluna: cervicalgias, lombalgias e hérnias de disco

As doenças de coluna são muito frequentes no mundo do trabalho, sendo a mais comum a dor lombar, conhecida como lombalgia. As dores na coluna estão relacionadas com as chamadas “afecções músculo-esqueléticas”. Essas dores são conhecidas como dores nas “costas” e muitas vezes, pode levar o indivíduo à “incapacidade física”, impedindo-o de realizar determinados tipos de tarefas. A coluna pode ser afetada em toda sua extensão: pescoço ou região cervical; costas ou região dorsal e lombar que corresponde a região abaixo da cintura (cintura pélvica).

Membros superiores: ler/dort

As LER/DORT (Lesões por Esforços Repetitivos / Distúrbio Osteomuscular Relacionado ao Trabalho) são doenças provenientes da organização e relações do trabalho. As principais causas são os movimentos repetitivos, posturas inadequadas por muito tempo, tarefas monótonas e sem criatividade, ritmo intenso e imposto, sobrecarga mental e pressão para produzir.

Olhos: fadiga visual

A fadiga visual é sentida como cansaço nos olhos e sensação de lacrimejamento. Causa diminuição da capacidade visual e da atividade laboral. Quando se realizam atividades monótonas e repetitivas, que exigem trabalho minucioso e olhar atento, as condições de trabalho devem ser adequadas e o posto de trabalho deve estar iluminado adequadamente.

Risco de incêndio, choques e afins

Existe um risco potencial de incêndio devido ao tipo de material utilizado e retalhos espalhados pelo piso. Essa questão é potencializada pelas instalações elétricas, que muitas vezes são mal dimensionadas, sendo frequentes gambiarras e cruzamentos de fios no chão e no teto. É recomendável o uso de extintor adequado no local de trabalho para princípio de incêndio juntamente com o treinamento a adequado para evitar qualquer problema.
Equipamentos de Proteção Individual (EPI)

Para que as atividades da indústria têxtil sejam realizadas com a maior segurança, além da capacitação dos profissionais, faz-se necessário que todas as normas de segurança sejam observadas, principalmente no que se refere ao uso de Equipamentos de Proteção Individual, sendo eles:

  • Óculos de proteção
  • Gorro ou touca apropriada
  • Protetor auricular
  • Sapato de segurança
  • Luvas de proteção
  • Proteção respiratória (máscaras para o uso de produto toxico (Permanganato de potássio)
  • Avental

Para prevenir os pontos citados acima, separamos cinco dicas para o arranjo físico e as instalações de máquinas:

  1. As áreas de circulação devem ser mantidas permanentemente desobstruídas.
  2. Os pisos dos locais de trabalho onde houver máquinas e equipamentos e das áreas de circulação devem ser nivelados, mantidos limpos e livres de objetos, ferramentas e quaisquer materiais que ofereçam riscos de acidentes.
  3. As instalações elétricas das máquinas e equipamentos devem ser mantidas de modo a prevenir, por meios seguros, os perigos de choque elétrico, incêndio, explosão e outros tipos de acidentes.
  4. Os materiais como tecidos, roupas, moldes e retalhos, devem ser guardados em locais específicos longe de fonte de calor, locais húmidos e fiações inadequadas.
  5. Manter sempre o local de trabalho sempre bem ventilado, com boa iluminação.

Possui dúvidas e quer entender melhor como prevenir acidentes e melhorar o seu local de trabalho? Fale com com a Synerhgon e entraremos em contato para realizar um diagnóstico gratuito. Nosso equipe multidisciplinar é formada por advogados, engenheiros e administradores, entre outros profissionais. Vamos conversar?